sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Liceu Nilo Peçanha



Toda essa conversa sobre amigos que encontrei e que me decepcionei, me trouxe de volta algumas lembranças que me fizeram sorrir por alguns instantes.
Uma dessas se lembranças passaram pelo velho pátio do suntuoso colégio Liceu Nilo Peçanha, situado na Avenida Ernani do Amaral Peixoto em Niterói.
Me lembrei do tempo em que a gente sentava no pátio para tocar violão nas aulas vagas, na hora do recreio (rs) e em qualquer hora que a gente pudesse se encontrar para cantar.
Dessa turma, não poderia esquecer jamais da minha amiga Andréa Paula (que vi no comecinho desse ano e que está me devendo uma visita), do "Led", do "Magal", do "Mineiro", do "Padre" e, com carinho especial, do "Dudu" e do "Serginho".
Não sei se gostaria de encontrar um dos dois ou os dois, mas, me lembrei de uma música de autoria de um deles, já não lembro qual, mas tentei me lembrar a letra completa, mas não consegui.
Se alguém se lembrar ou se um dos dois não tiver vergonha de seu passado...


O dia amanhece



“O dia amanhece no instante

Que nós dois,
Nós dois amantes,
Dividimos nosso amor
Num momento de calor.

E aquele mesmo,
Mesmo talo
Que faz parte de uma flor
Vai descendo pelo galho
O orvalho do amor

(?)”


Um comentário:

  1. Simbolismo cantando na letra ^^
    Estavam querendo mesmo algo mais que amor, rs.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...